E lá vamos nós!

Acordamos cedo e fomos ao aeroporto buscar o carro que eu aluguei através de uma agência/agente/pessoa/sabelá.

Eu tinha que pegá-lo na Sixt (www.sixt.com) e assim que cheguei achei que seria impossível. Uma fila danada, mas eu logo caí na real que o que podia dar de errado (malas, luz no hotel, cheiro de churrasco, etc) já tinha acontecido. Acertei!

O mocinho do balcão tinha uma proposta bem legal: temos um carro comercial, só que é para 2 pessoas, porém muito econômico.

seat_ibiza_new_model70s

(a foto não é minha é surrupiada da web, mas esse era o carrinho)

Pensei aonde estava a pegadinha, mas ele perguntou sobre malas, eu disse que tínhamos apenas 2, perguntou até aonde iríamos, eu disse Porto, falou que o carro era a gasóleo (diesel), que é mais barato que a gasolina cerca de 40 cêntimos (hehehe) de euro, muito econômico, que ele tinha air bag, ar condicionado e aquecimento, travas, alarmes, direção hidráulica, abs, cd player, vidros elétricos e finalmente a palavra mágica: 11 km rodados.

Convencida, fui pegar o Ibiza enquanto todo mundo saía de New Beatle, Mini Vans, Peugeot 307, até BMW. O moço que entregava dizia: é um carro comercial, você sabe? Argh, fiquei irritada, mas peguei o carrinho e pensei: até que é bonitinho e não se parece em nada com uma Fiorino!

Ele não tinha nada de diferente, realmente parecia um 206. A vantagem é que rodamos 800 km e ele gastou 22 litros. Isso mesmo! Ameiiiiiiiiiiiiiii o carrinho quando percebi que o marcador de combustível não tinha defeito nenhum!

Pegamos a A8 e lá fomos nós para Óbidos. Os planos eram passar o dia lá, depois seguir para Alcobaça aonde ficava nosso hotel.

img_0554

(mudei o lay out, vocês viram, né? as fotos ficaram meio grandes, se estiver uma caca, me avisem!)

Óbidos é uma coisinha linda! Uma vila medieval, com castelinho, lojinhas, casinhas, igrejinhas.

img_0541

Porém é insuportavelmente cheia nesta época por causa da Vila do Pai Natal. Estava impossível de andar, impossível de conseguir um restaurante para almoçar, a fome bateu feio, eu fui me irritando, mas nem por isso não gostei de lá.

img_0542

img_0545

A minha sugestão é: não vá nesta época! Só se realmente não tiver outra opção! Depois não diga que não avisei.

img_0571

Chegamos a noite em Alcobaça, mas já foi possível ficar encantada com a cidade e com o Hotel.  Ele foi o mais barato da viagem e o melhor localizado, de cara para o Mosteiro, ao lado dos restaurantes, perfeito!

img_0573

Uma coisa importante sobre as auto-estradas portuguesas: são caras. Pega-se o cartão na entrada e paga-se na saída, seja ela qual for. Tem poucas paradas, não há como sair delas para comer ou abastecer, a não ser que tenha uma saída pedagiada para alguma cidadezinha.

São muito bem sinalizadas, o asfalto parece de algodão de tão macio, mas se tiver sede (entre outras coisas) poderá levar 40 km para achar a parada.

Mas não pense em ir pelas menores, pois tem muito trânsito, perde-se um tempão e não se pode andar a mais de 50, 60, 80km/h, sendo que isso muda a cada curva.

Por isso, deixe o escorpião que vive no seu bolso no Brasil e pague o bendito pedágio!

7 comentários sobre “E lá vamos nós!

  1. Mô Gribel disse:

    Oi, Beto!!!! É lindo e eu adoro ir para lá…
    Tô ligada na portuguesa, rs, aliás, como ela está? Diga que mandei um beijo!!!
    Óbidos vale o passeio, mas realmente, foi aonde encontrei mais muvuca!
    Passa por aqui, ainda andei um monte por Portugal!
    Beijos

  2. Tati disse:

    Estou amando seus relatos!
    Estamos de viagem marcada á Portugal em jul/2013, vamos para Lisboa e depois pegamos carro até o Porto, passando por várias das cidades que você visitou!! Muito boas dicas sobre as estradas, e estávamos buscando uma cidade para dormir entre Lisboa e Guimarães, pensei Leiria, meu marido queria Aveiro, e depois de ler seu post sobre Aveiro, é pra lá que vamos! Obrigada pelas dicas!

    • Mô Gribel disse:

      Tatiana,

      Fico feliz que pude ajudar!
      Eu quero muito voltar a Portugal, o país é encantador! Tenho saudade de lá…
      Você não irá se arrepender, Aveiro é uma graça, foi uma das melhores surpresas que tive por lá.
      Volte para contar como foi!

      Obrigada pela visita! Beijo!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s