Em Viña e Valpa novamente.

Foi a 2ª vez que vi o Pacífico. Como na outra, o dia não estava lá essas coisas, nublado, frio, deixando tudo desbotado.

Desta vez nos levaram aonde é realizado o Festival de Viña del Mar. O lugar é bem bonito, tem um museu em uma casa que foi reconstruída após um incêndio, lindos jardins e ao fundo o anfiteatro.

É enorme e esquisito, pois ele não ‘combina’ com o restante. Mas nem por isso deixa de ser bonito e interessante arquitetonicamente. Tipo assim a ponte estaiada de São Paulo, sabem? É linda, mas parece meio deslocada da paisagem.

De lá fomos ver o simpático Moai, aquele único fora da Ilha de Páscoa. Ao lado há este lindo prédio que eu não havia reparado da outra vez.

Esse Moai é bonitinho pacas, inclusive deste ângulo.😆

Então almoçamos em um restaurante caro, cheio de turistas, comida péssima, mas com uma linda vista.

Quando eu digo péssima, é péssima mesmo. Pedi um filet com fritas, não como frutos do mar, e veio um bife gorduroso e gordurento, duro, impossível de comer com 1/2 batata nadando em óleo. Tudo isso por cerca de 30 dólares. Sem comentários…

Daí fomos para Valparaíso. Eu pretendo ir um dia para ficar um pouco mais. Acho a cidade uma graça, toda pendurada nas montanhas, cheia de casinhas pintadas.

Espero um dia poder pegar um navio ali, descer para o sul, o destino dos meus sonhos.

14 comentários sobre “Em Viña e Valpa novamente.

  1. disse:

    Mô, bacana o post😀

    Esse poema da foto é bem parecido com aquele da outra foto que você tirou em Portugal, no Castelo, né não, Mô?🙄

    Por acaso esse Moai corta o cabelo no “Salão da Dona Débora”? Se é que você me entende, hehe

    Mô, que sonho mais punk esse de ir pra Antártica. De onde você tirou essa ídéia, menina?

    As fotos estão lindas, mas a última extrapolou😀

    Beijins:mrgreen:

  2. Mô Gribel disse:

    Oi, Mari, obrigada!!🙂
    Lucia, eu não sabia tb. Eles dizem que é o único fora da Ilha de Páscoa. Acho até que ele no meio de um jardim é quase um pecado, sabe? Mas é lindo!
    Fê, estava bem, bem frio mesmo. Mas eu gosto!😀
    Zé, tb achei! Eu vou colecionar poesias no caminho nas minhas viagens!😀
    O Moai é fofo tb, né?😆 A foto dele que mais gosto é de costas, de verdade! Ele tem busanfinha!😆
    Ah, Zé, é meu sonho antigo. Se eu pudesse escolher qualquer lugar no mundo para conhecer, sem me preocupar com o precinho da viagem, sem nem piscar eu escolheria a Antártica. Sou fascinada por aquele pedaço de gelo…rs

  3. Majô disse:

    Mô, cada vez que leio seus posts do Chile , me dá mais vontade de conhecer. Não conheço menina😉 É muito bonito mesmo, mas parece que é caro, né ?
    Suas fotos estão lindas como sempre.
    O moal é bacanérrimo. A Renata, minha amiga, esteve este ano na ilha de Páscoa, adorou !!!
    beijos

  4. Mô Gribel disse:

    Oh, Majô, vamos?! Eu topo…rs
    Edu, obrigada pela visita. Dizem que a Ilha de Páscoa é incrível, mas não me atrai muito. É longe demais! São 3000 km de Santiago, sabia? rs
    Não fui na casa do Neruda, perdi um dia no CHile por causa de uma gripe horrorosa…😦
    Vou ter que voltar!😀

  5. eduluz disse:

    Majô, sabia pois me interessei em ir lá quando o avião fez uma breve conexão no caminho pra Polinésia e o aeroporto era tão pequeno que mal cabiam os passageiros do nosso vôo. O negócio é que inaugurou um hotel explora por lá e eu sou fã deles pois com os serviços que eles te fornecem, você acaba conhecendo o lugar de um jeito especial.

  6. Emília disse:

    Mô, eu já adoraria ir para a Ilha da Páscoa…mas só num dia em que fizesse uma volta ao mundo: Santiago, Ilha da Páscoa, Taiti…sonhar não custa nada mesmo😆
    Falando em sonhos, acho que você deveria investir na questão Antártica, não acha?😉 Vai planejando, menina! Quando você menos esperar… está embarcando😀
    Eu tenho um amigo que está igualzinho a você, louco para congelar😉

  7. Mô Gribel disse:

    Ahhhh, Edu, agora entendo!😆
    Mas tô brincando em parte, sabe? Eu penso meio como a Emília, acho que eu passaria por lá se estivesse ‘a caminho’ de algum outro lugar e pudesse parar ali 1 semana.
    Emília, o problema é que a Antártica requer que eu deixe de lado todas as outras viagens por 1 ano.
    E como ainda tem um monte de lugares que eu quero muito ir tb, eu vou adiando os pinguins…:D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s